Home / Saúde / Natação: Década incrível

Natação: Década incrível

A Natação é um dos esportes mais populares no Brasil e a trajetória dessa modalidade no país é notória, merecendo ser destaca aqui. Conheça a década incrível da natação do Brasil e muitas outras informações do esporte.

É comum conhecermos todos os times de futebol, os campeonatos, saber que a seleção é Penta campeã e todos os melhores jogadores, mas também precisamos abrir os olhos para a natação.

Temos nomes incríveis na categoria – que mesmo não acompanhando você deve conhecê-los – como o Gustavo Borges e o César Cielo, além de muitos outros.

Natação: Década incrível

A década incrível da natação foi nos anos 90, atingindo esse patamar por conta de grandes nomes do esporte (como o Gustavo Borges) e pelo desempenho dos atletas nas olimpíadas.

Mas a trajetória dessa modalidade esportiva começou bem antes, adquirindo sua primeira medalha nas Olimpíadas na década de 50, com o competidor Tetsuo Okamoto, que também trouxe outros títulos para o Brasil.

O crescente desenvolvimento dos atletas brasileiros se deve a diversos fatores, como incentivo privado, maior popularidade do esporte e, claro, todas as tecnologias envolvidas nos treinos, uniformes e coisas do gênero.

Trajetória das Olimpíadas

O Brasil é um país que sempre se destacou nas competições de natação, a prova disso são as medalhas conquistadas nas Olimpíadas. Confira a lista de edições e mais informações sobre cada evento:

  • Ano: 1952; Cidade: Helsinque; Competidor: Tetsuo Okamoto; Tempo: 18m51s30; Prova: 1500m livre masculino; Medalha: Bronze.
  • Ano: 1960; Cidade: Roma; Competidor: Manuel dos Santos Júnior; Tempo: 55s40; Prova: 100m livre masculino; Medalha: Bronze.
  • Ano: 1980; Cidade: Moscou; Competidor: Djan Madruga, Cyro Delgado, Jorge Fernandes e Marcus Mattioli; Tempo: 7m29s30; Prova: 4x200m livre masculino; Medalha: Bronze.
  • Ano: 1984; Cidade: Los Angeles; Competidor: Ricardo Prado; Tempo: 4m18s45; Prova: 400m medley masculino; Medalha: Prata.
  • Ano: 1992; Cidade: Barcelona; Competidor: Gustavo Borges; Tempo: 49s43; Prova: 100m livre masculino; Medalha: Prata.
  • Ano: 1996; Cidade: Atlanta; Competidor: Gustavo Borges; Tempo: 1m48s63; Prova: 200m livre masculino; Medalha: Prata.
  • Ano: 1996; Cidade: Atlanta; Competidor: Gustavo Borges; Tempo: 49s02; Prova: 100m livre masculino; Medalha: Bronze.
  • Ano: 1996; Cidade: Atlanta; Competidor: Fernando Scherer; Tempo: 22s29; Prova: 50m livre masculino; Medalha: Bronze.
  • Ano: 2000; Cidade: Sydney; Competidor: Carlos Jayme, Edvaldo Valério, Fernando Scherer e Gustavo Borges; Tempo: 3m17s40; Prova: 4x100m livre masculino; Medalha: Bronze.
  • Ano: 2008; Cidade: Pequim; Competidor: César Cielo; Tempo: 21s30; Prova: 50m livre masculino; Medalha: Ouro.
  • Ano: 2008; Cidade: Pequim; Competidor: César Cielo; Tempo: 47s67; Prova: 100m livre masculino; Medalha: Bronze.
  • Ano: 2012; Cidade: Londres; Competidor: Thiago Pereira; Tempo: 4m08s86; Prova: 400m medley masculino; Medalha: Prata.
  • Ano: 2012; Cidade: Londres; Competidor: César Cielo; Tempo: 21s59; Prova: 50m livre masculino; Medalha: Bronze.
  • Ano: 2016; Cidade: Rio de Janeiro; Competidor: Poliana Okimoto; Tempo: 1h56m51s4; Prova: Maratona 10 km feminino; Medalha: Bronze.

A lista nos mostra que a década incrível da natação foi, de fato, na década de 90, porém o desempenho dos atletas aumentou muito na virada do século, mostrando que nossos competidores atuais possuem muito potencial.

Os benefícios da natação

Se está inspirado pelos atletas que fizeram parte da década incrível da natação, pode estar cogitando começar as suas aulas e nós te diremos o porquê disso ser algo positivo.

O esporte tem alto gasto calórico, desestressa, define a musculatura, melhora o desempenho físico – principalmente o fôlego -, faz bem para o sistema cardíaco, cardiovascular, imunológico, etc.

Poderíamos discorrer por muito tempo sobre a década incrível da natação, mas esse é um resumo para você ter uma ideia de quão forte nosso país é nesse esporte.

Sobre rafael

Veja Também

Cuidados com a natação para bebê no inverno

A natação para bebês, mesmo no inverno, é um esporte saudável tanto para os pais …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *